segunda-feira, 1 de junho de 2009

As excêntricas eleições ao Parlamento Europeu


As eleições mundo afora estão ficando cada vez mais interessantes. Não só pelo processo democrático, mas os candidatos, cada vez mais peculiares, dão um estímulo maior aos pleitos.

O Parlamento Europeu irá escolher seus representantes este ano e tem como candidatos de milionários a machões, de sangues azuis a celebridades. 

Mulheres

Da Itália, uma ex-concorrente à miss lançou sua campanha. Barbara Matera, de 27 anos, é loira, com as medidas no lugar e apresenta um programa de TV. Para parte dos italianos ela pode dar novos ares a política européia.

Já experiente com a política, Elena Basescu já trabalhou no partido do seu pai, Traian Basescu, presidente da Romênia. Conhecida como a “Paris Hilton romena”, a jovem de 28 anos, trabalha como modelo, tem fama de ser festeira e segundo jornais europeus, tem uma vida amorosa bastante agitada. Em relação a capacidade intelectual da moça, contestada pela imprensa romena, seu pai afirma: “Ela é muito mais esperta do que as pessoas imaginam”.

Inteligência é algo que não falta à candidata francesa Rachida Dati. Tida como uma celebridade na França, Dati estudou economia e direito. Ficou conhecida a partir de 2002 quando foi trabalhar no gabinete do então ministro do interior Nicolas Sarkozy, quando este se tornou presidente, entregou o ministério da justiça à bela mulher de 43 anos. O nascimento da filha de Dati, foi assistido por toda a França. A ministra se recusou a identificar o pai da criança explicando que tinha uma vida particular complicada. Há especulações na mídia francesa de que o presidente Nicolas Sarkozy espera se livrar da política problemática - enviando-a para Bruxelas. 

A alemã Pauli Gabriele tornou-se famosa em seu país em 2007, quando fez denúncias contra o governador da Bavária que acabou com a renúncia do mesmo. Logo depois, Pauli apareceu estampando a capa de uma revista onde posava enrolada em uma bandeira da Bavária usando luvas de látex fazendo uma expressão apaixonada.  Agora ela está concorrendo a uma vaga no Parlamento Europeu por um pequeno partido conservador da Bavária - seu trabalho mais difícil até agora.

Homens

Além da candidatura do excêntrico magnata das telecomunicações e primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, outras figuras merecem destaque pelo seu perfil pouco convencional nesta eleição parlamentar.

O sueco Christian Engström (que teria meu voto) é candidato pelo Partido Pirata. Sua campanha é para libertar a Internet do controle e da intervenção do governo. Um veredicto que impôs multas e sentenças de prisão aos operadores do popular site de compartilhamento de arquivos "Pirate Bay" tornou o partido popular. Fundado em 2006 como um partido de protesto, ele cresceu tanto que hoje é o terceiro maior partido da Suécia, de acordo com pesquisas. Engström não deve ter problemas para chegar a Bruxelas.

Podem se juntar ao sueco em Bruxelas o primeiro cosmonauta não-russo no espaço, o político tcheco Vladimir Remek e o finlandês Ari Vantanen, vencedor por quatro vezes do rali Paris-Dakar e conhecido por falar muito pouco. De fato, é difícil imaginar que o ex-cosmonauta tcheco, o "pirata" sueco e o motorista de rali finlandês terão muita coisa em comum para discutir.

Emanuele Filiberto Umberto Reza Ciro René Maria de Savoia. Pelo tamanho do nome dá pra perceber que se trata de um nobre. Neto do último rei da Itália, Savoia de 36 anos, se vangloriou recentemente em uma entrevista ao dizer que fala cinco línguas, conhece metade dos chefes de Estado europeus pessoalmente - e tem parentesco com outra metade. Pelo visto o playboy almofadinha não tem tido boas amizades. Um deles esteve ligado a um escândalo de chantagem envolvendo jovens dançarinas, outro está sendo investigado por sonegação de impostos e fraude, e um terceiro foi preso por suspeita de se envolver com atividades da máfia.

As polêmicas também estão no currículo do empresário, político e dono do clube de futebol Steaua Bucuresti, George "Gigi" Becali. O romeno, de 50 de idade, passou recentemente duas semanas sob custódia antes de ser levado a julgamento. Dizem que seus cinco guarda-costas localizaram três ladrões que haviam roubado o carro de luxo de Becali. Uma vez descobertos, os ladrões foram supostamente colocados no porta-malas de um carro, levados para longe e espancados durante horas.

Também empresário, o búlgaro Slavi Binev é conhecido em seu país por ter sido um grande campeão de Tae Kwon Do nos anos 90. Com o slogan “O que não nos mata, nos fortalece”, ele já foi eleito em 2007 para o Parlamento Europeu  pelo partido nacionalista radical Ataka - e planeja continuar lá.
 
Pelo nível dos candidatos este ano, a política européia promete ser muito mais animada do que é hoje em dia.

Um comentário:

mulherpolvo disse...

Nossa senhora!
faltou o Enéas Carneiro, o Clodovil e a Simony...