terça-feira, 9 de junho de 2009

Pai ensina o próprio filho a cometer assaltos


Um dos pontos mais importantes para a formação de um indivíduo é o seu ambiente familiar. Não é regra, mas um filho pode seguir um caminho completamente oposto aos ensinamentos dos seus pais.

Em Santa Catarina, a policia apreendeu um computador na casa de um suspeito de seqüestro. Na máquina existia um vídeo onde Rafael Borba, de 26 anos, ensina o filho de quatro anos e a sobrinha, de três anos, a usar uma arma de brinquedo para agredir, dar tiros e exigir dinheiro em um assalto, usando uma boneca na simulação.

Segundo a polícia Catarinense, o vídeo teria sido feito pela mãe da criança, que está presa juntamente com a avó pela participação no seqüestro de uma professora. 

A promotora Viviane Damiani Valcanaia, que atua na área da infância e juventude na comarca de Balneário Piçarras (SC), pede na Justiça a destituição do poder familiar dos pais sobre crianças. A promotora fará uma investigação profunda para saber se as crianças podem ficar com alguém da família. “São crianças pequenas, com chances de ter uma vida digna. Conheço famílias de marginais que querem os filhos longe do crime. Nunca vi alguém estimular crianças para o crime, afirma a promotora”.

Rafael Borba está foragido.

Um comentário:

mulherpolvo disse...

Essa foi sinistra. Assisti na televisão e fiquei chocada.
Alioás fico chocada toda hora com o que fazem com as crianças, em suas próprias casas. Falo dos estupros, e de violência psicológica.
De doer o coração.