segunda-feira, 21 de janeiro de 2008

Malokero Arrumado

Maloqueiro - 1) Indigente, mendigo. 2) Muito usado ainda no futebol para designar jogador vagabundo, cachaceiro, baladeiro, que faz corpo-mole em partidas.



Encontrei essa versão para a palavra no Wikipédia. Mas como um professor meu diz Wikipédia não leva ninguém a canto nenhum...Malokero é aquele cara fora do padrão. Mas com uma justa causa. Marginalizado por não ser compreendido.O radical da palavra é aquele que vive em Malocas - casa com pouca estrutura (barraco) - usado pejorativamente/preconceituosamente para dar nome a ladrões e meliantes.



A primeira vez que ouvi a expressão Malokero Arrumado foi do meu velho pai ao dizer, "tudo bem ser um cara diferente, mas se é pra ser, seja com estilo.Use e faça sempre coisas coerentes. Nunca só por fazer!" Desde então pensei bastante na expressão e percebi que existem muitas pessoas que são Malokeros Arrumados.



O maior exemplo desse gênero é mestre dos morros Bezerra da Silva.Nascido em Recife, o jovem Bezerra embarcou no navio da marinha mercante atrás do pai. Atritos com seu genitor fizeram com que o Bezerra passasse 7 anos morando na rua, época na qual tentou suícidio e acabou sendo "salvo" por um santo de Umbanda.O maior malandro(no melhor sentido da palavra) da história, cantou o morro de uma forma irreverente e real, trazendo temas como maconha, marginalidade, falta de recursos dos moradores das favelas.



O samba partido alto e as letras pegam de jeito o ouvinte que reage com riso ou indignação as letras das canções. Seja com arrependimento do ladrão de pobres na música "Pega Eu" ou pena do pobre vizinho delatado na canção "A Semente" senão no cuidado do usuário de maconha em "Malandragem Dá um Tempo".



Bezerra da Silva é o Malokero Arrumado por ter vivido a pobreza e saber fazer arte com a realidade que viveu longe do asfalto sem nunca perder a dignidade.PS: A seu insaparável chapéu. Isso sim é Malokero Arrumadolifestyle.

Um comentário:

Aurino disse...

salve o mestre bezerra!!!