sábado, 6 de março de 2010

Post motivacional

Como já dizia um amigo meu “tudo na vida parte da motivação.” Ok, essa frase é típica de estudantes de psicologia e educação física, mas em certos casos são bem coerentes.

Vejamos o caso de Alan e Jan Coup. Somado o peso do casal chegava a 241 quilos e só decidiram perder peso após passar por um grande constrangimento dentro de uma aeronave.

No voo que partiu Southampton para Guernsey, na Inglaterra, os gordinhos já se sentiram desconfortáveis ao esbarrar nas cadeiras e nos outros passageiros. "A gente se apertou para chegar aos nossos assentos, esbarrando nos braços das pessoas, até que sentamos e pusemos os cintos de segurança", disse Alan Coupe.

"A comissária de bordo veio e disse que tinha muito peso naquela área do avião, e pediu para um de nós sentar em outra cadeira", lembra Jan. "Depois que Alan levantou, fiquei sozinha , envergonhada, quase aos prantos e desejando nunca ter pego aquele avião." Mas foi o momento de humilhação que incentivou o casal a mudar os hábitos e emagrecer. Juntos, eles perderam 95 quilos.

Mas não foi só a imagem no espelho que mudou. A opinião de Alan e Jan sobre como passageiros acima do peso devem ser tratados pelas companhias aéreas também mudou bastante.

"Se tivessem me pedido para pagar a mais na época em que estava gorda, eu definitivamente não teria aceito", disse Jan, se referindo a uma taxa para passageiros acima do peso, defendida por algumas empresas aéreas.

"Mas agora, depois de ter emagrecido, posso ver os dois lados da história e entendo por que as empresas gostariam de cobrar uma taxa. Eu não gostaria de me sentar ao lado de alguém que estivesse ocupando espaço no meu assento." A Organização Mundial de Saúde estima que haja um bilhão de pessoas acima do peso no mundo e, entre elas, 300 mil seriam obesas.

Bem, após esta comovente história de pessoas que tem um nível alto de tecido adiposo, espero ser barrado em alguma festa exclusiva para pessoas com mais de 80 kg para tomar vergonha na cara e engordar

Um comentário:

mulherpolvo disse...

fala sério!!
To de regime faz três semanas. Consegui a proezza de ultrapassar os 75Kg. Quando eu tava "buchuda" não ultrapassei os 72kg, ou seja, sem feto, sem placenta e pé inchado, eu tava mais pesada...
Afora os problemas de saúde, é muito ruim ser apontado como gordo. Eu preferiria ser magrela, tipo Olivia Palito. Mas quem é assim também sofre...